A NOVA ECONOMIA POLÍTICA

APRESENTAÇÃO

Comprar este livroA Nova Economia Política é uma síntese. Foi escrita tendo como preceptora a Ciência das Ciências, a Matemática.

Ela procura eliminar toda a relatividade dos sistemas econômicos, apresentando uma teoria econômica substantiva, "utopicamente" à prova de crises e depressões.

Ela não é apenas uma ciência social, apesar de ter como seu principal agente o ser humano que, com seu desconhecimento do absoluto, sente-se apenas levado pelos acontecimentos econômicos, e não levando esses acontecimentos rumo ao progresso e ao desenvolvimento. Apesar destas circunstâncias, definidos seus condicionantes políticos, ela é apresentada como uma Ciência Operacional Exata, matemática em seu funcionamento. Isto porque qualquer fenômeno econômico terá atrás de si condicionantes políticos, ou seja, razões pelas quais existem diferenças nas taxas de lucratividade (preço/custo) entre as diversas mercadorias produzidas no mundo.

A Nova Economia Política foi desenvolvida a partir das idéias de Piero Sraffa, apresentadas em seu livro "Produção de Mercadorias por Meio de Mercadorias: Prelúdio de uma Crítica da Teoria Econômica", em que mercadorias são não só apresentadas como produzidas por meio de trabalho, terra e capital, mas acima de tudo, por meio de mercadorias.

A Nova Economia Política é apresentada, num mesmo volume, contendo três livros.

O Livro I - Excerto Teórico, apresenta os princípios teóricos do sistema matemático formal em que ela se fundamenta. Descreve inicialmente, por meio destes princípios teóricos, um sistema político-econômico básico. Sistema este que é generalizado e de onde é deduzido o importante conceito da moeda neutra nacional e internacional de desenvolvimento.

O Livro II - O Continuum Político-Econômico: Do Homem das Cavernas à Revolução Industrial, faz um estudo completo de todas as situações vividas pela humanidade, desde a era das cavernas até à Revolução Industrial.

O Livro III - O Continuum Político-Econômico: Da Fase do Dólar à Era da Moeda Neutra, faz uma análise da era do dólar; um estudo da economia política dos países atrasados e em desenvolvimento; da economia política de um socialismo (ir)real e de um socialismo exeqüível; e mostra o real significado da moeda, que é o principal fator desarmônico de toda Economia Política neste final de milênio.

Como toda verdadeira ciência, a Nova Economia Política apresenta prognósticos sobre o futuro imediato da humanidade. Sua principal constatação é a de que estamos caminhando para uma situação sócio-político-econômica insustentável. Ela prevê, de imediato, grandes perturbações, talvez as maiores de nossa história.

Os grandes responsáveis pela atual situação são apontados e esquemas ("utópicos") de solução são também enfocados. Os conhecimentos colocados à disposição de todos pela Nova Economia Política, representam um brado de alerta que poderá evitar que o mundo caia no caos.

Será apenas a partir da adoção de uma nova moeda neutra (e seus juros de equilíbrio) que o mundo entrará em equilíbrio econômico, com a solução definitiva de seus principais problemas: o desemprego mundial de homens e máquinas; os problemas cruciais da inflação e da deflação; as vertiginosas oscilações (com tendência decrescente) do índice das ações das bolsas do mundo; a crise de crescimento e desenvolvimento interno de todas as economias; a crise de crescimento e desenvolvimento do comércio internacional.

O quadro sintético da Nova Economia Política é apenas o início de um processo. Trata-se de uma nova maneira de observar-se, econômica e politicamente o mundo.

Quaisquer que sejam os resultados das próximas ocorrências mundiais, cremos numa futura humanidade, adotando como principal regra econômica, a moeda de desenvolvimento neutra ( e seus juros de equilíbrio) em sua trajetória rumo a uma prosperidade crescente e a um mundo bem melhor.


Livro - resumo:
Download (versão Português) - 43,5KB
Download (versão Inglês) - 44KB
Livro completo:
Versão em Português:
R$ 60,00
Versão em Inglês:
US$ 30,00
Fazer Pedido